Eletrolar Show Exhibition

Quais são os benefícios do evento para a cidade de São Paulo?

A Eletrolar Show, a exemplo do que ocorre com as grandes feiras, contribui para o desenvolvimento do turismo de negócios na capital paulista. O fato de trazermos compradores de fora, colabora para o aumento da ocupação na rede hoteleira e também para o aumento do movimento nos restaurantes. Como São Paulo é um polo gastronômico, os profissionais que vêm de foram gostam de conhecer novos locais. Como a feira é um encontro da indústria e do varejo de eletrodomésticos, eletroeletrônicos, eletroportáteis, telefonia móvel, TI, utilidades domésticas e bem-estar, e oferece novidades nessas categorias, ela movimenta, principalmente, os negócios.

Eletrolar Show Exhibition Area

Quem pode participar em Eletrolar Show?

Como feira exclusivamente de negócios, a Eletrolar Show é visitada por grande, médios e pequenos varejistas, pela indústria, pelo e-commerce, por importadores, distribuidores, atacadistas, executivos de home centers, de lojas de departamento e do mercado corporativo. Em 2015, a feira recebeu 2.500 CEOs, número que deve aumentar este ano. Entre elas, Lojas Gazin, Romera, Guaibim, Berlanda, Quero-Quero, Koerich, Benoit, Lojas Colombo, Móveis Linhares, Lojas Benoit, Casa & Vídeo, Certel, Rabelo, Claudino, Bemol, Martins, G. Barbosa, Lojas Taqi, Armazém Mateus e Fujioka. Mais 200 redes confirmarão a participação até o final de junho.

Eletrolar Show Sp

Qual foi a participação para a última edição? (visitantes, as marcas envolvidas)

O montante, entre os negócios fechados na feira e os que foram concretizados após seu encerramento, atingiu R$ 2 bilhões. A edição do ano passado foi marcada pela realização de dois eventos paralelos: o Smartphone Congress e a Latin American Electronics.

O primeiro foi aberto por Randi Zuckerberg e debateu os negócios ligados a smartphones, aplicativos, m-commerce, publicidade móvel, formas de pagamentos, redes sociais, Big Data, vestíveis e a conexão de todos os eletrodomésticos do lar. Ano passado a feira recebeu perto de 30 mil visitantes. Entre os expositores, estiveram, entre outros, ACT! Home Fitness, Allied, Arno, Atlas Eletrodomésticos, Bel Fix, Black + Decker, Blu, Brasforma, Cadence, Colormaq, Dazz e Maxprint, DL, Dream Fitness, Droid Invue, Elgin, Esmaltec, Fischer, GA.MA Italy, Garmin, Hamilton Beach, Houston, Kikos, Latina, Lenoxx, Mallory, Mediatek, Mondial Eletrodomésticos, Mueller, Multilares, Opeco, Oster Brasil, Samsung , Sky, TCL, Track & Bikes, Ventisol e WAP.

A Latin American Electronics reuniu expositores internacionais e fomentou negócios de exportação de produtos do Brasil para toda a região latino-americana. Este ano, será montado um espaço para as rodadas de negócios da Associação Latino-Americana de Eletroeletrônicos e Bens Duráveis (ALE), entidade fundada pelo Grupo Eletrolar, organizador da feira Eletrola Show. O objetivo das rodadas, com gestores de compras de redes varejistas da América Latina que serão trazidos pela associação ao Brasil, é fomentar os negócios das empresas instaladas aqui e criar oportunidades para ampliarem negócios com outros países. É, também, uma oportunidade para consolidar o Brasil como um polo de intercâmbio, produção e exportação de bens duráveis para toda a região latino-americana.